© 2021 Scaled Agile, Inc. All rights reserved.

Evolving the Scaled Agile Framework:

Update to SAFe 5

Guidance for organizing around value, DevSecOps, and agility for business teams

Learn more

Clear explanations and actionable guidance

SAFe Distilled 5.0

SAVE 35% WITH CODE SCALEDAGILE

ORDER NOW

Remote-Enabled SAFe: Tools & Resources

Learn More

SAFe Glossary

Authors

A

  • Agile Product Delivery

    Agile Product Delivery é uma abordagem centrada no cliente para definir, criar e entregar um fluxo contínuo de produtos e serviços valiosos para clientes e usuários.

  • Agile Release Train, ART

    Agile Release Train (ART) é um time de times ágeis de longa duração que, junto de outros stakeholders, desenvolvem, entregam e, quando aplicável, operam, de forma incremental uma ou mais soluções em uma cadeia de valor.

  • Agile Team (Time Ágil)

    No SAFe, um time ágil é um grupo multifuncional de cinco a onze indivíduos que define, constrói, testa e entrega um incremento de valor em um curto espaço de tempo.

  • Architectural Runway

    Architectural Runway consiste nos códigos existentes, componentes e na infraestrutura técnica necessária para implementar features de curto prazo, sem atraso ou retrabalho de design excessivos.

B

  • Built-In Quality (Qualidade Embutida)

    As práticas de qualidade embutida asseguram que cada elemento da solução, em cada incremento, atenda aos padrões adequados de qualidade ao longo do desenvolvimento.

  • Business Agility

    Business Agility é a capacidade de competir e prosperar na era digital, respondendo rapidamente às mudanças do mercado e oportunidades emergentes com soluções de negócios inovadoras.

  • Business Owners

    Os Business Owners são um pequeno grupo de stakeholders que têm a principal responsabilidade do negócio e técnica com relação à governança, compliance e retorno sobre investimento (ROI) de uma solução desenvolvida por um Agile Release Train (ART). Eles são os principais stakeholders no ART que devem avaliar a adequação ao uso e participar ativamente de determinados eventos do ART.

C

  • Capabilities

    Uma Capability é um comportamento de solução de alto nível que geralmente abrange vários ARTs. As Capabilities são dimensionadas e divididas em várias features para facilitar sua implementação em um único PI.

  • Communities of Practice, CoPs (Comunidades de Práticas)

    Comunidades de práticas (CoPs) são grupos organizados de pessoas que têm um interesse comum em um domínio técnico ou de negócio específico. Elas colaboram regularmente para compartilhar informações, aprimorar suas habilidades e trabalhar ativamente na promoção do conhecimento geral do domínio.

  • Compliance

    Compliance se refere a uma estratégia e a um conjunto de atividades e artefatos que permitem que os times apliquem métodos de desenvolvimento Lean-Agile para criar sistemas que tenham a mais alta qualidade possível e, ao mesmo tempo, assegurem que atenderão a qualquer norma regulatória, industrial ou outros padrões relevantes.

  • Continuous Delivery Pipeline, CDP

    O Continuous Delivery Pipeline (CDP) representa os fluxos de trabalho, atividades e automação necessários para guiar um novo item de funcionalidade da concepção à entrega de valor sob demanda para o usuário final.

  • Continuous Deployment, CD

    Continuous Deployment (CD) é o processo que leva Features validadas em um ambiente de homologação e as implanta no ambiente de produção, no qual elas ficam prontas para lançamento(release).

  • Continuous Exploration, CE

    Continuous Exploration (CE) é o processo que impulsiona a inovação e promove o alinhamento com o que deve ser construído, explorando continuamente as necessidades do mercado e do cliente, e definindo uma visão, um Roadmap e um conjunto de Features para uma solução que atenda a essas necessidades.

  • Continuous Integration, CI

    Continuous Integration (CI) é o processo de puxar features do Program Backlog e desenvolver, testar, integrar e validá-las em um ambiente de homologação, no qual elas estarão prontas para implantação e release.

  • Continuous Learning Culture

    A competência Continuous Learning Culture descreve um conjunto de valores e práticas que estimula indivíduos – e a organização como um todo – a aumentar continuamente o conhecimento, as competências, o desempenho e a inovação.

  • Core Values (Valores Fundamentais)

    Os quatro valores fundamentais de alinhamento, qualidade embutida (built-in quality), transparência e execução de programa representam as crenças fundamentais que são essenciais para a eficácia do SAFe. Esses princípios orientadores ajudam a ditar o comportamento e as ações de todos que participam de um portfólio SAFe.

  • Customer (Cliente)

    Os clientes são os principais beneficiários do valor das soluções de negócios criadas e mantidas pelas cadeias de valor do portfólio.

  • Customer Centricity (Centralização no Cliente)

    A centralização no cliente é uma mentalidade e uma maneira de fazer negócios focada na criação de experiências positivas para o cliente por meio de todo o conjunto de produtos e serviços que a organização oferece.

D

  • Design Thinking

    Design Thinking é um processo de desenvolvimento centrado no cliente que cria produtos desejáveis que são rentáveis e sustentáveis ao longo de seu ciclo de vida.

  • DevOps

    DevOps é um mindset, uma cultura e um conjunto de práticas técnicas. Ele fornece comunicação, integração, automação e cooperação próxima entre todas as pessoas necessárias para planejar, desenvolver, testar, implantar, liberar e manter uma solução.

E

  • Enablers (Habilitadores)

    Um habilitador suporta as atividades necessárias para ampliar a Architectural Runway a fim de prover funcionalidades de negócio futuras. Isso inclui a exploração, arquitetura, infraestrutura e conformidade. Habilitadores são capturados nos diversos backlogs e aparecem ao longo do Framework.

  • Enterprise (Organização)

    A organização representa a entidade corporativa à qual cada portfólio SAFe pertence.

  • Enterprise Architect

    O enterprise architect estabelece uma estratégia de tecnologia e um roadmap que habilita um portfólio a suportar as capabilities de negócios atuais e futuras.

  • Enterprise Solution Delivery

    A competência Enterprise Solution Delivery descreve como aplicar os princípios e práticas Lean-Agile à especificação, desenvolvimento, implantação, operação e evolução dos maiores e mais sofisticados aplicativos de software, redes e sistemas ciberfísicos do mundo.

  • Epic Owners

    Os Epic Owners são responsáveis pela coordenação dos épicos de portfólio ao longo do sistema Portfolio Kanban. Eles definem colaborativamente o épico, seu produto mínimo viável (MVP) e o plano de negócios Lean e, quando aprovados, facilitam a implementação.

  • Epics (Épico)

    Um épico é um contêiner para uma iniciativa significativa de desenvolvimento de uma solução que captura os investimentos mais substanciais que ocorrem em um portfólio. Devido ao seu escopo e impacto consideráveis, os épicos exigem a definição de um produto mínimo viável (MVP) e a aprovação pelo Lean Portfolio Management (LPM) antes da implementação.

  • Essential SAFe

    O Essential SAFe contém o conjunto mínimo de papéis, eventos e artefatos necessários para entregar continuamente soluções de negócios por meio do Agile Release Train (ART) como um time de times ágeis.

F

  • Features

    Uma Feature é um serviço que atende às necessidades de um stakeholder. Cada feature é composta por uma hipótese de benefício e critérios de aceitação, e é dimensionada ou dividida conforme necessário para ser entregue por um único Agile Release Train (ART) dentro de um Program Increment (PI).

  • Foundation

    O Foundation contém os princípios de suporte, os valores, o mindset, o guia de implementação e os papéis de liderança necessários para entregar valor com êxito em escala.

  • Full SAFe

    Full SAFe é a configuração mais abrangente, incluindo todas as sete competências essenciais necessárias para business agility.

I

  • Innovation and Planning Iteration (Iteração Innovation and Planning)

    A iteração Innovation and Planning (IP) ocorre a cada Program Increment (PI) e atende a várias finalidades. Ela atua como um buffer de estimativa para atender os objetivos de PI e provê um período dedicado à inovação, educação continuada, PI Planning e eventos de Inspect and Adapt (I&A).

  • Inspect & Adapt, I&A

    Inspect and Adapt (I&A) é um evento significativo, que ocorre ao final de cada Program Increment (PI) quando o estado atual da solução é demonstrado e avaliado pelo ART. Em seguida, os times refletem e identificam itens de backlog de melhoria por meio de um workshop estruturado de resolução de problemas.

  • Iteration (Iteração)

    As iterações são os blocos de construção de desenvolvimento Agile. Cada iteração é um timebox padrão de duração fixa no qual os times ágeis entregam valor incremental na forma de software e sistemas funcionando e testados. A duração recomendada do timebox é de duas semanas. No entanto, um período de uma a quatro semanas é aceitável, dependendo do contexto de negócios.

  • Iteration Execution (Execução da Iteração)

    A execução da iteração é como os times ágeis gerenciam seu trabalho ao longo do timebox da iteração, resultando em um incremento do sistema de alta qualidade, em funcionamento e testado.

  • Iteration Goals (Metas da Iteração)

    As metas da iteração são resumos de alto nível das metas de negócio e técnicas, as quais o time ágil concorda em cumprir numa iteração. Elas são essenciais para a coordenação de um Agile Release Train (ART) como um time de times auto-organizados e autogerenciados.

  • Iteration Planning (Planejamento da Iteração)

    O planejamento da iteração é um evento no qual todos os membros do time determinam com quanto do Team Backlog eles podem se comprometer a entregar na iteração que está por vir. O time resume o trabalho como um conjunto de metas da iteração comprometidas.

  • Iteration Retrospective (Retrospectiva da Iteração)

    Retrospectiva da iteração é uma reunião regular na qual os membros do time ágil discutem os resultados da iteração, analisam suas práticas e identificam formas de melhorar.

  • Iteration Review

    Iteration Review é um evento baseado em cadência, no qual cada time inspeciona o incremento ao final de cada iteração para avaliar o progresso e, então, ajustar seu backlog para a próxima iteração.

L

  • Large Solution SAFe

    O Large Solution SAFe descreve funções, práticas e orientações adicionais para criar e evoluir os maiores aplicativos, redes e sistemas ciberfísicos do mundo.

  • Lean Budget Guardrails

    Lean Budget Guardrails descreve as políticas e práticas de orçamento, gastos e governança para um portfólio específico.

  • Lean Budgets

    Lean Budgets é uma abordagem Lean-Agile para governança financeira que aumenta a vazão e a produtividade pela redução da sobrecarga e custos associados a contabilização de custos por projetos.

  • Lean Portfolio Management

    A competência Lean Portfolio Management alinha estratégia e execução, aplicando abordagens Lean e de pensamento sistêmico ao financiamento de estratégias e investimentos, operações de portfólio ágeis e governança.

  • Lean User Experience, Lean UX

    Lean User Experience (Lean UX) é um mindset, uma cultura e um processo que engloba métodos Lean-Agile. Ele implementa funcionalidades em incrementos mínimos viáveis e determina o sucesso ao medir os resultados relacionados a uma hipótese de benefício.

  • Lean-Agile Leadership

    A competência Lean-Agile Leadership descreve como líderes lean-agile impulsionam e sustentam a mudança organizacional e a excelência operacional, empoderando indivíduos e times para alcançar seu maior potencial.

  • Lean-Agile Mindset

    Lean-Agile Mindset é a combinação de crenças, premissas, atitudes e ações dos líderes e praticantes do SAFe que adotam os conceitos do manifesto ágil e do pensamento Lean. É o alicerce pessoal, intelectual e de liderança para a adoção e a aplicação dos princípios e das práticas de SAFe.

  • Lean-Agile Principles (Princípios Lean-Agile)

    O SAFe se baseia em dez princípios Lean-Agile subjacentes e imutáveis. Esses princípios e conceitos econômicos inspiram e informam os papéis e práticas do SAFe.

M

  • Measure And Grow

    Measure and Grow é a maneira como os portfólios avaliam seu progresso em direção à business agility e determinam suas próximas etapas de melhoria.

  • Metrics (Métricas)

    Métricas são medidas acordadas usadas para avaliar como a organização está progredindo em relação ao portfólio, à large solution, ao programa e aos objetivos de negócio e técnicos do time.

  • Milestones (Marcos)

    Marcos são usados para acompanhar o progresso em relação a uma meta ou evento específicos. Há três tipos de marcos no SAFe: Marcos de Program Increment (PI), de data fixa e de aprendizagem.

  • Model-Based Systems Engineering, MBSE

    Model-Based Systems Engineering (MBSE) é a prática de desenvolver um conjunto de modelos de sistemas relacionados que ajudam a definir, projetar e documentar um sistema em desenvolvimento. Estes modelos fornecem uma forma eficiente para explorar, atualizar e comunicar aspectos do sistema para os stakeholders ao reduzir ou eliminar significativamente a dependência em relação a documentos tradicionais.

N

  • Nonfunctional Requirements, NFRs (Requisitos não funcionais)

    Os requisitos não funcionais (NFRs) definem atributos do sistema como segurança, confiabilidade, desempenho, capacidade de manutenção, escalabilidade e usabilidade. Eles atuam como limitações ou restrições em relação ao design do sistema nos diferentes backlogs.

O

  • Organizational Agility

    A competência Organizational Agility descreve como as pessoas e times ágeis com pensamento Lean otimizam seus processos de negócios, evoluem estratégias com novos compromissos claros e decisivos e adaptam rapidamente a organização conforme necessário para capitalizar em novas oportunidades.

P

  • PI Objectives

    Program Increment (PI) Objectives são um resumo das metas de negócio e técnicas que um time ágil ou ART pretende alcançar no próximo Program Increment (PI).

  • Portfolio Backlog

    O Portfolio Backlog é o backlog de nível mais alto no SAFe. Ele fornece uma área de espera para os próximos épicos de negócios e habilitadores, destinados a criar e desenvolver um conjunto abrangente de soluções.

  • Portfolio Kanban

    O sistema Portfolio Kanban é um método para visualizar e gerenciar o fluxo dos épicos de portfólio, da concepção à implementação e conclusão.

  • Portfolio SAFe

    O Portfolio SAFe alinha a estratégia à execução e organiza o desenvolvimento de soluções em torno do fluxo de valor por meio de uma ou mais cadeias de valor.

  • Portfolio Vision

    O Portfolio Vision é uma descrição do estado futuro das cadeias de valor e soluções de um portfólio e descreve como eles cooperarão para alcançar os objetivos do portfólio, e o objetivo mais amplo da organização.

  • Pre-and Post-PI Planning

    Os eventos de Pre– and Post–Program Increment (PI) Planning são usados para preparação e acompanhamento posterior dos eventos de PI Planning dos Agile Release Trains (ARTs) e fornecedores em um Solution Train.

  • Product Management

    O Product Management é responsável por definir e apoiar a criação de produtos desejáveis, viáveis, possíveis e sustentáveis que atendam às necessidades do cliente durante o ciclo de vida produto-mercado.

  • Product Owner, PO

    O Product Owner (PO) é um membro do time ágil responsável por definir histórias e priorizar o Team Backlog para simplificar a execução das prioridades do programa, mantendo a integridade conceitual e técnica das Features ou componentes para o time.

  • Program Backlog

    O Program Backlog é a área de armazenamento das Features futuras, que se destinam a atender às necessidades dos usuários e entregar benefícios de negócios para um único Agile Release Train (ART). Ele também inclui os features habilitadoras necessários para compor a Architectural Runway.

  • Program Increment, PI

    Um Program Increment (PI) é um timebox no qual um Agile Release Train (ART) entrega valor incremental na forma de software e sistemas funcionando e testados. Geralmente, os PIs têm a duração de oito a doze semanas. O padrão mais comum para um PI é de quatro iterações de desenvolvimento, seguidas por uma iteração Innovation and Planning (IP).

  • Program Increment (PI) Planning

    O Program Increment (PI) Planning é um evento face a face baseado em cadência, atuando como o coração do Agile Release Train (ART) ao alinhar todos os times do ART para uma visão e missão compartilhadas.

  • Program Kanban

    Os sistemas Program e Solution Kanban são métodos para visualizar e gerenciar o fluxo de Features e Capabilities, desde a concepção até a análise, a implementação e o lançamento através do Continuous Delivery Pipeline.

R

  • Release on Demand

    Release on Demand é o processo que implementa novas funcionalidades em produção e as libera imediatamente ou de modo incremental para os clientes sob demanda.

  • Release Train Engineer, RTE

    O Release Train Engineer (RTE) é o líder servidor e coach do Agile Release Train (ART). As principais responsabilidades do RTE são facilitar os processos e os eventos do ART e auxiliar os times na entrega de valor. Os RTEs se comunicam com os stakeholders, escalam impedimentos, ajudam a gerenciar riscos e impulsionam a melhoria implacável.

  • Roadmap

    O Roadmap é uma agenda de eventos e marcos que comunicam entregáveis planejados de solução em um horizonte de planejamento.

S

  • SAFe for Government

    SAFe for Government é um conjunto de padrões de sucesso que ajudam as organizações do setor público a implementar práticas Lean-Agile em um contexto governamental.

  • SAFe for Lean Enterprises

    SAFe for Lean Enterprises é uma base de conhecimento de princípios, práticas e competências comprovadas e integradas em direção à business agility ao implemenrtar Lean, Agile e DevOps em escala.

  • SAFe Implementation Roadmap

    O SAFe Implementation Roadmap consiste em uma visão gráfica e uma série de 12 artigos que descreve uma estratégia e um conjunto ordenado de atividades que se mostraram eficazes em uma implementação SAFe de sucesso.

  • SAFe Program Consultants, SPCs

    Os Certified SAFe® Program Consultants (SPCs) são agentes de mudança que combinam seu conhecimento técnico do SAFe com uma motivação intrínseca de melhorar os processos de desenvolvimento de software e sistemas da organização. Eles desempenham um papel fundamental em uma implementação SAFe de sucesso. Os SPCs são oriundos de vários papéis internos ou externos, incluindo líderes de negócios e tecnologia, gerentes de portfólio/programa/projeto, líderes de processos, arquitetos, analistas e consultores.

  • Scrum Master

    Scrum Masters são líderes servidores e coaches de um time ágil. Eles ajudam a orientar o time sobre o Scrum, Extreme Programming (XP), Kanban e SAFe, e asseguram que o processo ágil acordado esteja sendo seguido. Eles também ajudam a eliminar impedimentos e a promover um ambiente para o dinamismo de um time de alto desempenho, o fluxo contínuo e à melhoria implacável.

  • ScrumXP

    ScrumXP é um processo leve para entregar valor por times interfuncionais e auto-organizados no SAFe. Ele combina o poder das práticas de gerenciamento de projetos do Scrum com práticas de Extreme Programming (XP).

  • Set-Based Design

    O Set-Based Design (SBD) é uma prática que mantém os requisitos e as opções de design flexíveis pelo maior tempo possível durante o processo de desenvolvimento. Ao invés de optar por uma única solução antecipadamente, o SBD identifica e explora simultaneamente várias opções, eliminando escolhas menos eficazes ao longo do tempo. Ele aprimora a flexibilidade no processo de design, comprometendo-se com soluções técnicas somente após validar as premissas, o que produz melhores resultados econômicos.

  • Shared Services

    Os Shared Services representam os papéis, as pessoas e os serviços especializados necessários para o sucesso de um Agile Release Train (ART) ou de um Solution Train, mas que não podem ser dedicados em tempo integral.

  • Solution (Solução)

    Cada cadeia de valor produz uma ou mais soluções, que são produtos, serviços ou sistemas entregues ao cliente, sejam internos ou externos à organização.

  • Solution Architect/Engineer

    Solution Architect/Engineering é responsável por definir e comunicar uma visão técnica e arquitetônica compartilhada em um Solution Train, para ajudar a garantir que o sistema ou a solução em desenvolvimento seja adequada ao seu objetivo.

  • Solution Backlog

    O Solution Backlog é a área de armazenamento para as próximas Capabilities e Enablers, sendo que cada uma destas pode abranger vários ARTs e tem como objetivo incrementar a solução e criar sua architectural runway.

  • Solution Context

    O Solution Context identifica aspectos essenciais do ambiente operacional para uma solução. Ele fornece uma compreensão essencial dos requisitos, uso, instalação, operação e suporte da própria solução. O Solution context influencia fortemente as oportunidades e restrições para o lançamento sob demanda.

  • Solution Demo

    O Solution Demo é onde os resultados do desenvolvimento do Solution Train são integrados, avaliados e apresentados para os clientes e outros stakeholders.

  • Solution Intent

    Solution Intent é o repositório para armazenamento, gestão e comunicação do conhecimento do comportamento atual e pretendido da solução. Onde necessário, isso inclui especificações e designs fixos e variáveis; referência a padrões aplicáveis, modelos de sistema e testes funcionais e não funcionais, e rastreabilidade.

  • Solution Management

    Solution Management é responsável por definir e apoiar a criação de soluções comerciais em larga escala desejáveis, viáveis, possíveis e sustentáveis que atendam às necessidades do cliente ao longo do tempo.

  • Solution Train

    O Solution Train é a estrutura organizacional usada para criar grandes e complexas soluções que exigem a coordenação de vários Agile Release Trains (ARTs), bem como a contribuição de fornecedores. Ela alinha os ARTs com uma missão compartilhada de negócios e tecnologia usando a visão, o backlog, o roadmap da solução e um Program Increment (PI) alinhado.

  • Solution Train Engineer, STE

    O Solution Train Engineer (STE) é um líder servidor e coach do Solution Train, facilitando e orientando o trabalho de todos os ARTs e fornecedores na cadeia de valor.

  • Spanning Palette

    O Spanning Palette contém vários papéis e artefatos que podem ser aplicados a um time específico, programa, large solution ou contexto de portfólio.

  • Stories (Histórias)

    Histórias são descrições curtas de uma parte pequena de uma funcionalidade desejada, escritas na voz do usuário. Os times ágeis implementam pequenas fatias verticais de funcionalidade do sistema e estas são dimensionadas de modo que possam ser concluídos em uma única iteração.

  • Strategic Themes (Temas Estratégicos)

    Temas Estratégicos são objetivos de negócio diferenciados que conectam um portfólio à estratégia de negócio da organização. Eles influenciam a estratégia do portfólio e fornecem contexto de negócios para a tomada de decisão do portfólio.

  • Supplier (Fornecedor)

    Um fornecedor é uma organização interna ou externa que desenvolve e entrega componentes, subsistemas ou serviços que ajudam os Solution Trains e Agile Release Trains a entregarem soluções a seus clientes.

  • System Architect/Engineer

    System Architect/Engineering é responsável por definir e comunicar uma visão técnica e arquitetônica compartilhada para um Agile Release Train (ART), para ajudar a garantir que o sistema ou a solução em desenvolvimento seja adequada ao seu objetivo.

  • System Demo

    A System Demo é um importante evento que fornece uma visão integrada das novas Features da iteração mais recente, entregue por todos os times do Agile Release Train (ART). Cada demo oferece aos stakeholders do ART uma medida objetiva do progresso durante um Program Increment (PI).

  • System Team

    System Team é um time ágil especializado que auxilia na criação e suporte ao ambiente de desenvolvimento ágil, geralmente incluindo o desenvolvimento e manutenção do conjunto de ferramentas que suporta o Continuous Delivery Pipeline. O System Team também pode apoiar à integração dos entregáveis dos times ágeis, desempenhar testes de solução de ponta a ponta quando necessário e auxiliar na implantação e Release on Demand.

T

  • Team and Technical Agility

    A competência Team and Technical Agility descreve as habilidades, princípios e práticas Lean-agile críticas que times ágeis e os times de times ágeis usam para criar soluções de alta qualidade para seus clientes.

  • Team Backlog

    O Team Backlog contém histórias de usuário e histórias habilitadoras que se originam do Program Backlog, assim como histórias que surgem localmente do contexto local do time. Ele também pode incluir outros itens de trabalho, representando tudo que um time precisa fazer para incrementar sua parte do sistema.

  • Team Kanban

    O Team Kanban é um método que ajuda os times a facilitar o fluxo de valor ao visualizar o fluxo de trabalho, estabelecer limites de Work In Process (WIP), medir a vazão e melhorar continuamente seu processo.

V

  • Value Stream Coordination (Coordenação de Cadeias de Valor)

    A coordenação de cadeias de valor define como gerenciar dependências e explorar as oportunidades que existem apenas nas interconexões entre cadeias de valor.

  • Value Streams KPIs (KPIs de Cadeia de Valor)

    Os Key Performance Indicators (KPIs) de cadeia de valor são as medidas quantificáveis usadas para avaliar o desempenho de uma cadeia de valor em relação aos resultados de negócios previstos.

  • Value Streams (Cadeias de Valor)

    Cadeias de valor representam uma série de etapas que uma organização segue para implementar soluções que fornecem um fluxo contínuo de valor para um cliente.

  • Vision (Visão)

    A visão é uma descrição do estado futuro da solução em desenvolvimento. Ela reflete as necessidades do cliente e stakeholders, bem como as Features e Capabilities propostos para atender a essas necessidades.

W

© 2021 Scaled Agile, Inc. All rights reserved.